Para explicarmos os problemas que um aparelho mal colocado pode causar, primeiro precisamos falar um pouco de como a movimentação ortodôntica funciona.

Força x reabsorçãoNosso dente está ligado ao osso por ligamentos. Ao realizarmos uma força, o empurrando, em um lado o tecido ósseo é pressionado e no outro puxado pelos ligamentos. Quando esta força está no limite correto o osso pressionado é ligeiramente reabsorvido, enquanto na área tracionada ocorre uma reposição (como mostra a figura ao lado). Por isso, durante um tratamento ortodôntico é normal percebermos uma pequena mobilidade dental.

Quando o tratamento chega ao fim, o osso reabsorvido e o reposto entram em equilíbrio e o dente fica saudável na nova posição.

Se usarmos um aparelho colocado de qualquer maneira, mesmo que não pareça, ele sempre exerce uma pressão nos dentes, que é repassada às raízes e depois ao osso.

Assim ocorreram muitos problemas bucais (até dentes perdidos!) com adolescentes que se renderam à passageira moda dos aparelhos coloridos vendidos na rua.

Além disso, os braquetes (peças de metal coladas aos dentes) e fios dificultam muito a higienização, precisam de cuidados especiais e uma escovação mais atenta.

Por tudo isso o aparelho ortodôntico deve ser, em primeiro lugar, bem indicado, e depois bem acompanhado!  :)

 

Imagem: “Dente” – Google imagens / “arte ‘Força x Reabsorção'” –  Equipe Bonsorriso